A SABE de Albano está chegando ao Estado de Sergipe

0

Previsão é de quea demanda seja de 200 mil litros de leite por dia (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Prevista para entrar em operação no próximo mês de novembro, a SABE, indústria de laticinios de propriedade do ex-governador Albano Franco, além dos empregos diretos a serem gerados, irá exercer forte impacto sobre a pecuária leiteira do Estado, na medida em que demandará cerca de 200 mil litros diariamente, ou aproximadamente 25% de toda produção de leite.

Por conta de sua existência, inúmeros produtores rurais estão investindo na melhoria genética de seus rebanhos, por meio da inseminação artificial, melhorando os padrões de higiene e utilizando-se das técnicas alimentares que vêm sendo disseminadas pelo programa Balde Cheio, sob a orientação da Emdagro.

Se tudo funcionara a contento, com preços justos pagos ao produtor, em pouco tempo, Sergipe terá uma das mais avançadas economias leiteiras do Nordeste, em face da elevação da produtividade deste importante setor da agropecuária, que é formado por milhares de pequenos e médios produtores, especialmente na região semi-árida.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais