Agência classifica situação financeira do Banese como sólida

0

Foto: Lucio Telles
O Comitê de Classificação de Risco da Austin Rating, uma das mais importantes agências avaliadoras da situação financeira de empresas, atribuiu em sua última reunião, realizada no mês passado, conceitos satisfatórios ao Banco do Estado de Sergipe (Banese). Em decisão que tem validade até o próximo dia 30 de novembro, o comitê classificou o banco entre as empresas que apresentam ‘boa solidez financeira’ e risco de crédito ‘muito baixo’.

“Esta classificação nos coloca entre as instituições dotadas de negócio seguro e valorizado. Ela representa um certificado de solidez, significa que o banco está num patamar adequado para realizar as suas captações de recursos e desenvolver normalmente os seus negócios”, disse o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento.

De acordo com a avaliação da Austin, o banco incorre em baixo risco de crédito pela conjunção de fatores como ‘elevada liquidez, favorecida pela estrutura de captação pulverizada, além de ser depositário das finanças públicas estaduais, e adoção de política mais conservadora de pagamento de juros sobre capital próprio e distribuição de dividendos, com o objetivo de promover a capitalização do banco’.

O relatório da agência também destaca que o banco mantém os recursos da folha de pagamento dos funcionários públicos estaduais e da maioria dos municípios do estado, além de concentrar as contas de grande parte das prefeituras e do próprio Governo de Sergipe e de seus órgãos.

“A marca Banese goza de elevada estima perante a população de Sergipe está associada à cultura sergipana, o que confere maior fidelização dos clientes e a continuidade de suas atividades ante a concorrência”, ressaltou ainda o relatório do Comitê de Classificação de Risco da Austin, elaborado com base nas informações contábeis e gerenciais do Banese, cujas demonstrações financeiras de dezembro de 2008 contém pareceres de auditores independentes, sem ressalvas.

Fonte: ASN

Comentários