Apicultores aprendem como criar plano de negócios

0

Evento acontece na Codevasf (Fotos: Portal Infonet)

Apicultores dos municípios de Estância, Indiaroba, Japaratuba, Gararu, Itabi e Umbaúba, participam nesta quinta-feira, 28, de uma capacitação para a elaboração do plano de negócios voltado a apicultura comunitária. O curso acontece na Codevasf e está sendo ministrado pelo pesquisador e doutor em Biotecnologia dos Recursos Naturais, o engenheiro florestal Ronaldo Pereira.

De acordo com a tecnica do projeto Apicultura Comunitária e representante do Instituto Brasileiro de Ecologia e Sustentabilidade (IBES), Marta Prado, o curso serve de auxílio para os apicultores que querem se profissionalizar na área. “A proposta é a geração de renda e profissionalizar a apicultura para que deixe de ser uma atividade amadora nas comunidades. O projeto tem o patrocínio da Petrobras com o apoio e parceria do Sergipe Tec e Codevasf sendo executada pelo IBES”, conta.

Josias José dos Santos da Associação de Apicultores de Gararu conta que o produto já possui o selo para venda. “Esse é nosso segundo módulo e melhorou a nossa visão do comércio do mel porque se você não agrega valor ao produto fica ruim para a venda, pois a gente concorre com as cooperativas. Esse é o segundo módulo e de lá pra cá inserimos o nosso selo com todas as especificações do produto, de onde vem e quem o fabrica. São cerca de 60 apicultores que participam da associação”, informa.

Josias dos Santos é membro de uma associação em Gararu 

Marta Prado diz que o curso serve de auxílio para os apicultores 

Apesar do avanço da associação, Josias Santos conta que ainda há desafios a serem alcançados. “ A nossa dificuldade hoje é porque não temos uma casa ou salão com o selo estadual para que possamos vender direto para os mercadinhos e o consumidor. Por enquanto só vendemos para a cooperativa que repassa o nosso produto mais caro”, informa.

O evento acontece o dia todo e no turno da tarde, haverá o módulo prático na Biofábrica (Cidade Universitária Prof. José Aloísio de Campos, bairro Rosa Elze, em São Cristóvão/SE) das 13h30 ás 16h30.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais