Aracaju continua com cesta básica mais cara do Nordeste

0

Apesar de uma pequena queda nos preços, a cesta básica de Aracaju continua sendo a mais cara do Nordeste. Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em maio a cesta custou R$ 142,49, já no mês passado caiu para R$ 140,45.

 

O tomate teve a queda mais acentuada de preço nesse período, da ordem de 14,28%. Já o maior aumento foi verificado no óleo (9,09%). Outros três itens mantiveram a estabilidade. A cesta mais cara do país continua sendo a de Porto Alegre.

 

Os dados divulgados pelo Dieese mostram que, em junho, uma pessoa que recebe salário mínimo precisou trabalhar 81h19 a fim de pagar a cesta básica. Em João Pessoa, cesta mais barata do Nordeste e do Brasil, foram necessárias 77h37 de trabalho para pagar a mesma quantidade de alimento.

Comentários