Aracaju registra cesta básica de R$ 273,21

0
(Foto: Ascom Fies)

De acordo com a análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo DIEESE, verificou-se que o valor da cesta básica na capital sergipana, apesar do aumento, permanece sendo o mais baixo do país.

O valor registrado em Aracaju foi de R$ 273,21, que em conjunto com João Pessoa (R$ 288,43) e Natal (R$ 289,21), representam os valores mais baixos registrados no terceiro mês do ano. A cesta básica em Aracaju ficou 20,9% maior que o apontado no mês de março de 2014, e 3,2% maior, em relação ao mês anterior (fevereiro/2015).
O maior valor da cesta básica registrado no país, no mês de março, foi o da cidade de São Paulo, com R$ 379,35, seguido por Vitória (R$ 363,62) e Porto Alegre (R$360,01).

Variação dos preços dos produtos

Na variação mensal do gasto por produtos, houve alta dos preços em alguns itens, com destaque para a elevação do tomate (10,41%), do pão francês (5,26%), do açúcar (4,35%) e da carne (3,39%). Os preços do Leite e do óleo mantiveram-se estáveis nesta comparação. Porém, foram observadas algumas reduções de preços, itens como o feijão (-3,6%) e a manteiga (-0,08%) ficaram mais baratos em março de 2015.

O fato do mês de março ser o período de entressafra do tomate e a dependência de grão importado de trigo, associados à desvalorização do real e aumento da energia elétrica, foram fatores determinantes para a elevação do valor da cesta básica.

Fonte: Ascom Fies

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais