Arrecadação deve cair

0

O governador Albano Franco admite que deve haver uma queda na arrecadação de impostos em Sergipe durante os próximos seis meses, que é o tempo de duração do racionamento de energia. A maior queda deve ser sentida no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O racionamento vai causar um impacto na economia sergipana, que deve se adequar ao racionamento, conseqüentemente, com um crescimento mais lento. Representantes de federações como a da Indústria e do Comércio vêem mais além da marcha lenta no desenvolvimento e profetizam aumento no número de desemprego. O governo não vê a situação desse ângulo tão grave, mas os trabalhadores andam um tanto assustados.

Comentários