Auditores de Tributos também querem reajuste

0

Secretaria da Fazenda (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Agora são os Auditores Técnicos de Tributos I e II que entram na luta de reivindicações ao governo do Estado – e se fosse possível ao governador Marcelo Deda atender a todas as reivindicações nem cem por cento da arrecadação seriam suficientes para atender a todos. Os auditores marcaram uma manifestação para a próxima 6ª feira, 20, a partir das 7h no estacionamento da Secretaria da Fazenda. Mas os auditores dizem não querer somente aumento salarial mas também melhores condições de trabalho.

Eles denunciam por exemplo que as balanços dos postos fiscais não funcionam e que o posto fiscal de Neoolis está prestes a cair sobre a cabeça dos funcionários que trabalham. O Posto Fiscal de Cristinapolis tem condições insalubres. Em Xingó, dizem eles, a inadequada localização do posto fiscal, em perímetro urbano, ameaça a segurança de motoristas e pedestres. O Posto Fiscal de Propriá Fronteira, por conta de uma reforma demorada, levou os auditores a trabalharem no Posto Fiscal de Alagoas.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais