Azaléia dará férias coletivas aos funcionários

0

Gizeldo: “Mais de 1.500 trabalhadores da Azaléia entrarão em férias”
As fábricas de calçados do Grupo Azaléia em Sergipe darão férias coletivas aos funcionários a partir do próximo dia 23 de março.  A informação é do Sindicato da Indústria Têxtil (Sinditêxtil). Mais de 1.500 trabalhadores ficarão em casa por um período de 20 dias.

Segundo o presidente do Sinditêxtil, Gizeldo Santos, a alegação dos administradores das fábricas é de que as férias são por conta da crise econômica mundial. “Eles alegam que vão dar férias coletivas para não demitir. A fábrica do povoado Brasília, em Lagarto, vai demitir 450 funcionários, a de Carira vai parar em torno de 20% e a de Frei Paulo vai parar 50%, sem contar com a de Ribeirópolis”, lamenta o sindicalista.

Tobias Barreto

Em Tobias Barreto, os trabalhadores já retornaram às atividades
Gizeldo Santos informou ainda que no município de Tobias Barreto, as fábricas do ramo de confecções que deram férias coletivas no último dia 02 de fevereiro, já retornaram às atividades no último dia 05 de março.

Confiança

Quanto à Fábrica Confiança, no bairro Industrial, que já dispensou cerca de 430 funcionários, o presidente do Sinditêxtil destacou que não houve avanços até agora.

“Estamos aguardando a decisão da juiza, ou para conceder uma tutela antecipada, liberando o Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS) e o seguro-desemprego, ou para que a audiência marcada para o dia 07 de maio, seja antecipada ainda para este mês”, ressalta.

A reportagem do Portal Infonet tentou entrar em contato com os responsáveis pela Fábrica Azaléia, mas não obteve retorno.

Por Aldaci de Souza

Comentários