Bancários devem entrar em greve ainda este mês

0

Américo diz que há um indicativo para ser deflagrada a greve (Foto:Portal Infonet)
Na última quarta-feira, 22, a categoria dos bancários concluiu a quinta etapa de negociação da Campanha Salarial 2010 sem avanços econômicos e sociais, o que pode deflagrar em um greve a partir do próximo dia 29 de setembro.

O secretário administrativo do Sindicato dos Bancários de Sergipe, José Américo Santos de Deus, disse na manhã desta quinta-feira, 23, que a contra proposta apresentada pelos banqueiros está aquém do que foi pedido. “Nossa proposta de reajuste era de 11%, mas o percentual apresentado pelos banqueiros foi de 4,29% sobre todos os benefício e para a categoria essa contra proposta é um pedido de greve”, ressalta Américo.

Dentre as principais reivindicações dos trabalhadores estão a melhoria na Participação nos Lucros e Resultados (PLR), valorização dos pisos salariais, elevação dos auxílios refeição/alimentação e creche/babá, combate às metas abusivas, fim do assédio moral, plano de carreiras, cargos e salários em todos os bancos, proteção ao emprego, mais contratações, auxílio-educação e segurança contra assaltos.

Segundo Américo o Comando Nacional dos Bancários definiu um calendário, que combina negociação e mobilização, visando intensificar as atividades e está orientando os sindicatos a realizarem assembléias no dia 28 para discutir e deliberar sobre a proposta que vier a ser apresentada pela Fenaban.

Em caso de rejeição da proposta, a categoria poderá deflagrar greve a partir do dia 29 por tempo indeterminado. “Ficará a critério de cada estado, mas existe um indicativo para que aqui em Sergipe a categoria venha aderir a greve dia 29”, finaliza.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais