Bancários fazem ato para cobrar do BNB parcela da PLR

0
Osuperintendente regional do banco, Saumínio Nascimento recebeu a presidenta do SEEB/SE (Foto: Seeb/SE)

O Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) realizou hoje, 24, o Dia Nacional de Luta no Banco do Nordeste (BNB), para reivindicar o pagamento da primeira parcela da Participação nos Lucros e Resultado (PLR). O ato foi realizado na agência do BNB, localizada na rua Itabaianinha. Amanhã, dia 25, às 08h30, o SEEB/SE fará manifestação denominada ‘Por mais empregos na Caixa’, em frente à Agência Serigy, da Caixa Econômica Federal.

A presidente do SEEB/SE Ivânia Pereira, que participou da solenidade de assinatura da minuta do BNB em Fortaleza, afirma que a parcela da PLR deveria ser creditada no último dia 15. “O BNB está descumprindo acordo firmado na Campanha Nacional dos Bancários 2015/2016, entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Para surpresa dos funcionários e funcionárias, o BNB antecipou apenas a PLR social, que prevê a distribuição de 3% do Lucro Líquido apurado no primeiro semestre de 2015, de forma linear. O banco deveria ter cumprido a regra firmada pela Fenaban, com antecipação em até 109 dias, de 54% sobre o salário-base mais verbas fixas de natureza salarial, reajustados em setembro, acrescido do valor fixo de R$ 1.213,07, limitada ao valor individual de R$ 6.507,55. E para piorar a situação, o banco de forma desrespeitosa não deu sequer uma explicação dessa quebra de acordo”, afirma Ivânia Pereira.

Superintendente X Sindicato

Durante o ato de hoje, no BNB, o superintendente regional do banco, Saumínio Nascimento recebeu a presidenta do SEEB/SE. “Conversamos sobre o atraso do pagamento da PLR. Porém, sabemos que essa é uma decisão da direção nacional do banco. Aproveitamos a oportunidade e tratamos também da reposição das horas paradas da greve nacional, que tem afligido os banebeanos e banebeanas. Defendemos uma postura mais flexível por parte dos diretores locais do BNB, que com o resultado da própria greve também estão sendo contemplados com as conquistas da Campanha Nacional 2015/2016”, avaliou Ivânia Pereira. 

Saiba Mais

A PLR é conhecida também por Programa de Participação nos Resultados (PPR), está prevista na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) pela lei nº 10.101, de 19 de dezembro de 2000. Ela funciona como um bônus, que é ofertado pelo empregador e negociado com uma comissão de trabalhadores da empresa. A mobilização nacional foi definida na reunião dos presidentes das entidades sindicais na última sexta-feira (20), no auditório do Sindicato da Bahia, em Salvador.

Fonte: Seeb/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais