Banesianos aceitam proposta e greve é suspensa em SE

0

A assembleia aconteceu na quarta-feira, 19 (Fotos: Portal Infonet)

Depois de 23 dias em greve, os servidores e diretoria do Banco do Estado de Sergipe (Banese) se entendem e suspendem a paralisação. A presidência do banco garantiu a implementação do Plano de Cargos e Salários (PCS), uma das principais pautas de reivindicações dos funcionários, a partir do dia 20 de Março de 2012. Caso esse acordo não seja cumprido na data prevista, o Banese pagará o valor retroativo a este dia. As agências do Banese voltam a funcionar normalmente nesta quinta-feira, 20.

Além da implementação do Plano de Cargos e Salários, os banesianos conquistaram um reajuste de 9% nos salários, participação nos Lucros e Resultados (PLR), aumento de 12% no piso da categoria, além de pagarem os dias da greve em forma de hora extra, sem prejuízo financeiro para a categoria, segundo o acordo fechado entre o Comando Nacional da Greve e a Federação Nacional de Bancos (Fenaban), no último sábado, 15.

Banesianos voltam por unanimidade o fim da greve (Foto: Edivânia Freire)

Para a presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe, José Souza, a luta de 20 anos pela implantação do plano foi vitoriosa para todos os servidores do Banese. “Em novembro o banco completa 50 anos e todos os servidores comemoram felizes. O Banese repensou a proposta e atendeu as nossas reivindicações”.

Histórico

A greve nacional dos bancos iniciou no dia 27 de Setembro. Os sindicalistas reivindicaram 12,8% de reajuste, para obter 5% de aumento real nos salários. Depois de longos dias sem negociações, a Federação Nacional dos Bancos (Fenabran) aumentou a proposta de 8% para 8,4%, mesmo assim o Comando Nacional da Greve recusou a proposta.

A última proposta enviada pela Fenabran para os grevista aconteceu no sábado, 15, onde foi apresentado o percentual de aumento de 9%. A categoria reunida em assembleia decidiu pela volta ao trabalho. Mesmo assim, os servidores do Banese optaram por permanecer em greve na busca pela implementação do Plano de Cargos e Salários.

De acordo com o Sindicato dos Bancários de Sergipe esta foi considerada a maior greve dos últimos anos. Somente em Sergipe foram fechadas 150 agências, com 80% da categoria aderindo ao movimento. No Banese foram mais de 50 agências e pontos de atendimentos paralisados.

Por Danilo Cardoso

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais