BC contesta queda do PIB

0

O Banco Central (BC) divulgou em uma reportagem da Folha de S.Paulo que duvida da queda de 1,2% do PIB brasileiro durante o terceiro trimestre, como mostraram os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). A Folha divulgou que a alta cúpula do BC desqualificou a metodologia utilizada pelo Instituto para dessazonalizar os dados do PIB. Foi questionada ainda a forma como é distribuída a produção agropecuária nos cálculos, ao longo do ano.

 

O IBGE não teria comentado a assertiva do outro órgão. Continuando, o diretor de política econômica do BC, Afonso Bevilaqua, teria dito que os números do IBGE não fariam sentido, em uma reunião com analistas do mercado financeiro. Segundo o diretor, a queda de 1,2% não corresponde aos dados apurados pelo IBGE. Os diretores do BC afirmam que há um “efeito metodológico” no resultado do PIB agrícola que acabou influenciando o resultado global e que o fato de o IBGE considerar só algumas commodities no cálculo teve efeito no quadro.

Comentários