Black Friday: Confira 6 dicas para comprar com segurança

0

Black Friday aquece comércio durante todo o mês (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Analista dá dicas para evitar fraudes 

A última sexta-feira do mês de novembro é marcada pela ‘Black Friday’ – uma campanha de vendas com desconto de até 80% em produtos de várias categorias. A data é tradição nos Estados Unidos, mas chegou ao comércio brasileiro há alguns anos, aquecendo as vendas durante todo o mês. Esse ano, ele ocorerrá no dia 25. De acordo com o analista de sistemas, Gabriel Junior, as lojas virtuais costumam promover diversas ações para atrair os consumidores, mas é necessário ficar atento às fraudes na internet. Por isso, antes de finalizar suas compras, confira dicas do profissional para aproveitar os descontos com segurança:

1 – Sites confiáveis: De acordo com o analista, é importante que o consumidor dê preferência a sites conhecidos. “É recomendável realizar as comprar em sites que você conhece e confia, como os das grande as redes", diz.

2 –  Experiências de outros comsumidores: Outra dica é fazer uma busca na internet sobre o histórico de vendas da empresa e a satisfação dos clientes. “Você faz uma busca simples no Google colocando o nome da loja e pode ter acesso a alguns sites destinados à reclamações de usuários. Neles, é possível ver a avaliação das compras de outros clientes, verificar se o produto foi entregue no prazo, se veio em bom estado, etc”, ensina.

3 – Comparar preços: Também é necessário ficar atento aos preços e desconfiar dos que apresentam valores muito baixos. “Faça uma pesquisa em outros sites e veja se os preços são equivalentes. Se um preço for muito mais baixo do que deveria, desconfie. Ainda mais se for o produto de um site que você nunca viu”, diz Gabriel Júnior.

4 – Sites clones: O analista também fala sobre sites idênticos aos originais que iludem o consumidor e podem resultar em fraudes. “Eles têm o mesmo design que o site original, mas são falsos”, explica. A dica é prestar atenção ao endereço do site, a ‘URL’.

5 – Aplicativos: Algumas lojas promovem as vendas através de aplicativos. A dica de Gabriel Júnior é evitar baixar os programas fora das lojas dos sistemas Android e IOS. “O consumidor deve sempre procurar baixar os aplicativos pelo Google Play e pela Apple Store e evitar vírus ou ações fraudulentas", ressalta.

6 – Antivírus: A última dica do profissional é sempre manter o antivírus dos aparelhos sempre atualizados.

Por Jéssica França

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais