BNB financia pesquisas científicas em Sergipe

0

O Banco do Nordeste realizou na segunda-feira, dia 26, a assinatura dos contratos do Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundeci), que inclui 12 projetos selecionados pela comissão do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene). Dentre eles, quatro da Universidade Federal de Sergipe, cinco da Embrapa e outros cinco do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) da UNIT. O evento aconteceu no Auditório da Superintendência do BNB em Aracaju.

Entre os projetos aprovados, destacam-se a identificação, caracterização biológica e molecular e epidemiologia dos vírus que infectam pomares de maracujá do Estado de Sergipe, da Universidade Federal de Sergipe; a caracterização de óleos e de biodiesel, também da UFS; o tratamento fotocatalítico de efluentes industriais, feito pelo ITP da UNIT; e o desenvolvimento de cultivares de milho para a agricultura de base familiar no Nordeste brasileiro, realizado pela Embrapa.

Segundo Saumíneo Nascimento, superintendente do BNB em Sergipe, “o Fundo objetiva apoiar projetos que contribuam para a inovação ou para o avanço do conhecimento. Em Sergipe, a soma do financiamento aos projetos aprovados é de aproximadamente R$ 430 mil este ano”.  

Em todo o Nordeste, foram apresentadas 863 propostas com base no Aviso 01/2004, divulgado no final do ano passado. O total de recursos desembolsados neste edital é de aproximadamente R$ 6 milhões, em toda a região Nordeste. Desde sua criação, foram aprovados 65 projetos em Sergipe e em todo o Nordeste, 1242 projetos, totalizando recursos de R$ 178,4 milhões. Neste ano, os projetos sergipanos estão divididos entre os setores de Agricultura (5), Agroindústria (1), Energia (1), Meio Ambiente (2) e Pecuária (1)

Em 1971, consolidando essa função, o Banco criou o Fundeci, mecanismo pelo qual financia a realização de projetos de pesquisa e difusão tecnológica, com vistas ao desenvolvimento, adaptação ou aperfeiçoamento de produtos e processos de interesse do setor na Região. O Fundo abrange todos os Estados do Nordeste, além do Norte de Minas Gerais e Espírito Santo. Desde a sua criação, o Fundeci prestou apoio financeiro a aproximadamente 1.184 iniciativas de pesquisa, treinamento e difusão, comprometendo, até dezembro de 2003, cerca de US$ 63,7 milhões em toda a Região.

Comentários