BNB investirá mais de R$ 1 bilhão em agricultura familiar

0

 

Até junho do próximo ano, o Banco do Nordeste terá R$ 1,3 bilhão para demandas de custeio, investimento e comercialização de produtos agrícolas de agricultores familiares. Os recursos estão previstos no Plano Safra 2010/2011, lançado pelo Governo Federal na última quinta-feira, 17, durante a programação da 7ª Feira Nacional da Agricultura Familiar, em Brasília.

Quase a metade desse montante (40,33%) será destinada aos agricultores familiares que possuem renda bruta anual de até R$ 6 mil, enquadrados no grupo B do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Isto representa recursos da ordem de R$ 546 milhões.

O diretor de Gestão do Desenvolvimento do BNB, José Sydrião de Alencar Júnior, destaca que estes pequenos agricultores serão atendidos pelo programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste, o ‘Agroamigo’. Recentemente o programa completou 5 anos de atuação, comemorando o sucesso de sua metodologia de concessão de crédito, que alia ao financiamento orientação, assistência técnica e atendimento na própria comunidade do agricultor, em parceria com o Instituto Nordeste Cidadania. Os valores contratados pelo programa em toda a sua existência somaram R$ 1,3 bilhão.

Com essa quantia, o Agroamigo beneficiou 1 milhão de produtores. “São pessoas que pegam, em média, R$ 1.500 e depois de algum tempo contratam alguém para trabalhar pra elas. É um programa exitoso”, afirmou o presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, em seu pronunciamento.

Ele destacou ainda o grande crescimento das aplicações do Banco do Nordeste em sua gestão. “Em 2002, o BNB emprestou apenas R$ 262 milhões e tinha uma inadimplência de 37,5%. Agora, em 2009, ele emprestou R$ 22 bilhões de reais e tem uma inadimplência de apenas 3%. Ou seja, uma demonstração de que vale a pena emprestar muito e emprestar para o pequeno”, concluiu o presidente.

Principal agente do Governo Federal na Região, o Banco do Nordeste aplicou, de 2003 a 2009, cerca de R$ 6,3 bilhões no setor de agricultura familiar. “Somente em 2009, foram investidos R$ 890 milhões, beneficiando unidades produtivas de 1543 municípios da área de atuação do BNB”, ressalta o diretor José Sydrião de Alencar Júnior.

Ascom/BNB

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais