Cadastro para o Minha Casa Minha Vida inicia dia 7 em Socorro

0
O cadastro vai de 7 de janeiro a 15 de fevereiro (Foto: Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro)

A Prefeitura, através das secretarias de Assistência Social (SMAS) e de Planejamento (Seplan), realizará o cadastramento das famílias interessadas exclusivamente através do site “Nossa Casa Socorro”, no período de 07 de janeiro a 15 de fevereiro. A seleção será efetuada através desse cadastro e apenas cidadãos que residem em Nossa Senhora do Socorro e com renda mensal entre R$ 0 a R$ 1.800 poderão se inscrever. O valor a ser pago dependerá da renda de cada família e irá variar entre R$ 80 e R$ 270 para efetuar a aquisição dos imóveis.

O cadastro será realizado de forma conjunta entre as secretarias municipais de Assistência Social (SMAS) e Planejamento (Seplan), através da internet, no site “Nossa Casa Socorro”, que estará habilitado muito em breve para acesso. De acordo com o secretário de Planejamento, Hallison Sousa, após o cadastramento um sorteio será realizado entre as famílias para definir quem receberá as residências e os selecionados pagarão valores simbólicos, entre R$80 e R$270, para garantir a sua moradia junto à Caixa Econômica.

“Durante um período realizaremos também atendimentos e cadastros presenciais, no Ginásio do Sesi, a fim de facilitar o acesso para os cidadãos que têm dificuldade de acesso à internet ou mesmo de leitura. Nosso intuito com isso é garantir que todas às pessoas tenham chances iguais de concorrer às casas”, explica Hallison.

A manicure Queila Cristina é uma das cidadãs que já está contando os dias para dar início ao sonho da casa própria. Trabalhadora autônoma e mãe de uma menina de quatro anos a socorrense conta sobre as dificuldades enfrentadas por quem precisa pagar aluguel. “Eu trabalho de domingo a domingo para poder garantir o sustento da minha família. Conto com o apoio dos meus pais, mas mesmo com todo esse esforço é muito difícil viver de aluguel, porque estamos sempre pagando algo que não é nosso. Vou lutar para conquistar minha casinha e poder viver no meu cantinho”, espera.

Critérios

Para seleção dos candidatos, serão observados os critérios nacionais, estabelecidos na Portaria n° 412 de 06 de agosto de 2015 do Ministério das Cidades, que beneficiarão:

  • Famílias residentes em áreas de risco, reconhecidas pelo ente público (município);
  • Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar;
  • Famílias de que façam parte pessoa (s) com deficiência, comprovado com a apresentação de laudo médico.

De forma a complementar aos critérios nacionais, os critérios adicionais a serem utilizados pelo Município de Nossa senhora do Socorro para seleção dos candidatos são:

  • Famílias beneficiadas pelo Bolsa Família ou Benefício de Prestação continuada (BPC) no âmbito da Política de Assistência Social;
  • Famílias em atendimento de “aluguel social”.

Além disso, famílias de que façam parte pessoas com microcefalia, cadastradas no município, terão direito a uma casa, desde que atendam aos requisitos do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Serão reservados ainda 3% (três por cento) das unidades habitacionais para atendimento aos idosos e mais 3% (três por cento) em benefício de pessoas com deficiência ou de cuja família façam parte pessoas com deficiência.

Fonte: Prefeitura Municipal de Nossa Senhora do Socorro

Comentários