Caixa financiará viagens nacionais até R$ 10 mil

0

A Caixa Econômica Federal terá em suas agências uma linha de financiamento específica para o turismo. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 27, na capital paulista, pelo ministro do Turismo, Luiz Barreto, e pela presidente da Caixa, Maria Fernanda Ramos Coelho, que assinaram protocolo de intenções com a Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav) para o início das operações.

Também fazem parte do acordo a companhia aérea TAM e a operadora de viagens CVC. Com a nova linha, espera-se ampliar a concessão de crédito no setor. O objetivo é oferecer financiamentos de pacotes turísticos diretamente para o turista.

De acordo com Barreto, o valor máximo do crédito a ser tomado é de R$ 10 mil, com prazo de 24 meses para o pagamento via boleto bancário ou débito em conta corrente. Não será necessário ser correntista da Caixa para obter o financiamento e as taxas de juros serão definidas em conjunto com cada parceiro, com base nos aspectos regionais e na política de cada conveniado.

O crédito será distribuído para todo o país. O turista poderá procurar as agências ou as operadoras de turismo. Segundo Barreto, a linha de crédito do turismo é feita para a população de baixa renda, que não está acostumada a fazer viagens devido ao custo.

O incentivo já deve estar disponível para os próximos feriados prolongados. A previsão é a de que as agências de viagens estejam prontas para atender o consumidor dentro de uma semana a dez dias, por conta das adaptações e do treinamento necessário ao programa.

O vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Lenza, disse que as prestações terão valor mínimo de R$ 50 e, para que o programa entre em vigor de fato, é preciso que as agências e as operadoras de turismo entrem em contato com a Caixa para firmar as parcerias.

Por enquanto, a linha de crédito só financiará pacotes nacionais. Com isso, pretende-se incentivar o turismo dentro do Brasil. Segundo Lenza, o limite de R$ 10 mil para uma família viajar é compatível com as características de um pacote regional.

Para obter o financiamento, basta ir até uma agência com carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e de renda (contra-cheque, imposto de renda, contas de serviços como água e luz). O cadastro é feito na hora. A liberação do crédito também é imediata.

Fonte: Agência Brasil

Comentários