Caixa injetou R$381 milhões em financiamentos imobiliários no Estado

0

Marco Antônio Queiroz diz que Caixa cumpre o papel de parceiro do Estado (Foto: Portal Infonet)

A Caixa Econômica Federal fechou o primeiro semestre deste ano injetando R$ 381,3 milhões em financiamentos imobiliários no Estado, um crescimento de 10,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O índice é ainda mais expressivo quando comparado a taxa de crescimento que o banco teve em todo país: 3,4%.

O balanço foi divulgado nesta sexta-feira, 12, pelo superintendente em exercício da Caixa em Sergipe Marco Antônio Queiroz, que considerou os números como uma prova do crescimento expressivo da economia sergipana. “Aqui há uma economia pujante. A Caixa, em Sergipe, cumpre seu papel de parceiro do Estado e acredita na família sergipana”, comemorou.

Queiroz disse, ainda, que 21 mil famílias já foram beneficiadas com o financiamento imobiliário nos seis primeiros meses do ano, isso sem contar com as unidades habitacionais negociadas dentro do Programa Minha Casa Minha Vida, cujas duas edições já somam quase 13 mil e mais de R$700 milhões (10.446 unidades da primeira fase e 2.059 da segunda, que foi lançada em junho deste ano).

Financiamento já beneficiou 21 mil famílias, fora o programa Minha Casa Minha Vida (Foto: Arquivo Infonet)

“Para nós, o ideal é que o trabalhador continue com poder de compra e, assim, Caixa confiando na economia, fazendo uma revolução no mercado”, acrescenta Marco Antônio Queiroz.

Em todo o país o banco realizou quase 4 mil contratos por dia, registrando uma média de R$296,6 milhões. Das famílias beneficiadas, 51% têm renda de até 10 salários mínimos. No Estado, o financiamento com recursos da poupança foram responsáveis por R$ 183,4 milhões dos valores contratados, o que representa um crescimento de 10,6% na sua utilização, em comparação com o primeiro semestre de 2010, quando foram aplicados R$ 165,8 milhões.

Por sua vez, as contratações com recursos do FGTS corresponderam a R$ 197,9 milhões, com crescimento de 11,3% se comparado com os seis primeiros meses do ano passado, período em que foram aplicados R$ 177,8 milhões em financiamentos e subsídios.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais