Caixa reforma as suas principais loterias

0

Loterias sofrerão mudanças
A partir deste ano, o sorteio especial de final de ano da Mega-Sena, criado em 2008, terá um prêmio mínimo de R$ 60 milhões e uma regra: o dinheiro não irá acumular, como oorreu em 31 de dezembro último. Se ninguém acertar as seis dezenas, o valor será distribuído entre os apostadores que acertarem mais dezenas (cinco ou até quatro). 

Além disso, as apostas para esse sorteio poderão ser feitas a partir de outubro. Essa é uma das mudanças anunciadas pela Caixa Econômica Federal em seis loterias federais, que basicamente terão aumento dos sorteios e dos prêmios. A Loteria federal, em março, deve passar a ter uma extração especial por mês, com prêmio especial de R$ 1 milhão.

Os outros prêmios da mais antiga modalidade de aposta também aumentarão para R$ 250 mil (às quartas) e R$ 600 mil (em três séries) no sábado. O sorteio especial de Natal saltará de R$ 3 milhões para R$ 1,8 milhões. A Timemania deve contar, a partir de junho, com dois sorteios semanais (quarta e sábado) e um percentual maior destinado ao prêmio (50% contra o atual 40%). A Quina deverá ter, ainda no primeiro semestre, sorteios de segunda a sábado. A Lotofácil deve contar até o final do ano com 3 sorteios por semana. A Dupla Sena, por sua vez, terá duas novas faixas de premiação no primeiro sorteio, para quem acertar 4 e 5 números.

Por Ivan Valença

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais