Carnaval aquece comércio informal em Aracaju

0
Esse é o primeiro ano que Marcelo vende no Carnaval (Foto: Portal Infonet)

Para muitas pessoas carnaval é sinônimo de folia, já para outras a festa é uma oportunidade de ganhar uma renda extra. Bebidas, comidas e acessórios são algumas das muitas opções de vendas que existem nas festas de carnaval.

A comerciante trouxe os acessórios da sua loja para vender no carnaval (Foto: Portal Infonet)

Em Aracaju muita gente aproveitou os desfiles de blocos para colocar produtos a venda. Marcelo Silva trabalha vendendo óculos no Centro de Aracaju, mas aproveita as festas para faturar um extra. Esse ano ele também resolveu vender durante o carnaval. “Eu geralmente vendo balas, doces e cigarros nas festas no final de semana, mas como vim vender no bloco comprei espumas e acessórios de carnaval para vender também”, conta.

Carnaval pede acessórios e fantasias. Foi pensando nisso que a comerciante Maria Lima resolveu esse ano montar uma barraca na concentração do Bloco Rasgadinho para vender seus produtos. “Eu tenho uma loja de variedades e vendo acessórios de carnaval também, ai esse ano trouxe alguns itens para vender no carnaval de rua”, diz.

Fábio vende todos os anos no carnaval (Foto: Portal Infonet)

Fábio dos Santos trabalha em um ferro velho na capital, mas sempre coloca um isopor com bebidas para vender no carnaval. “Todo ano eu trabalho no Rasgadinho. Vendo minhas bebidas e consigo ganhar um dinheirinho a mais. Amanhã não venho vender porque vou trabalhar, mas na terça-feira venho vender de novo no bloco”, afirma.

Por Karla Pinheiro

Comentários