Cesta básica de novembro foi a mais alta do ano

0

Luis Moura
A cesta básica de Aracaju registrou em novembro o maior aumento do ano. Com o valor de R$ 145,44 e 6,19% a mais do que o valor verificado no mês anterior, a cidade continuou a ter a cesta mais cara apurada pela pesquisa entre as capitais nordestinas. 

“Um dos motivos foi o aumento do preço da carne que o consumidor já sentiu e está procurando promoções nos supermercados”, explica o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Luis Moura.

Oito dos 12 produtos que compõem a cesta da capital sergipana registraram aumento em outubro: tomate (24,59%), carne (7,97%), açúcar (6,80%), arroz (5,95%), banana (4,92%), manteiga (2,71%), farinha (2,11%), pão (1,40%). As quedas ocorreram para o leite (-4,24%), feijão (-1,91%), óleo (-1,60%) e café (-1,08%).

Comentários