Cesta básica em Aracaju teve queda no preço

0

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) registrou em maio, através da Pesquisa Nacional da Cesta Básica em 16 capitais do país, queda no preço dos gêneros alimentícios essenciais. O Nordeste obteve as retrações mais expressivas: Salvador (-9,74%), Recife (-8,17%) e Fortaleza (-7,50%). E a menor redução, também foi apurada em cidade nordestina: João Pessoa (-0,84%).

Aracaju vem na quinta posição, com (-5,29), e trás variações de percentuais quanto ao valores dos produtos. Em se tratando de aumento, o arroz obteve maior aumento: 4,63%. No ponto redução, o café teve a maior redução: -4,50%.

Feijão e leite foram os produtos que apresentaram alta em maior número de capitais: nove. O feijão teve as principais elevações verificadas em Aracaju com 3,41%. Quanto ao açúcar, apenas em Fortaleza o preço subiu (12,31%), enquanto a retração situou-se em -3,60%, em Aracaju.

Uma curiosidade: o tomate foi o único a ter queda em todas as 16 localidades.  As condições climáticas mais favoráveis que vêm sendo verificada desde final de março,  permitiram a redução nos preços. No entanto, a forte massa de ar polar, que favorece a ocorrência de geadas, pode prejudicar o desenvolvimento dos tomateiros e provocar novas altas no preço.


 

Comentários