Ciências contábeis: mais de 527 mil trabalham na área

0
A profissão é comemorada hoje, 25 (Foto: Shutterest)

Gosta de números e cálculos? Você pode ser um forte candidato ao universo da Contabilidade. Realizar conciliações contábeis, fazer análise da situação patrimonial e financeira e elaborar relatórios gerenciais são algumas das funções do Profissional da Contabilidade. A profissão comemorada hoje (25), foi instituída há 90 anos, em maio de 1926.

Depois da Lei nº 12.249 (2010), os termos contabilista, que se refere ao técnico de contabilidade; e contador, aquele que possui diploma de graduação em Ciências Contábeis, foram extintos e passou-se a adotar a terminologia “Profissional da Contabilidade”, referindo-se tanto a técnicos como a contadores.

Representada pelo Sistema CFC/CRCs – Conselho Federal de Contabilidade e Conselhos Regionais de Contabilidade – a classe registra mais de 527 mil profissionais em atividade. Sendo que 334 mil são contadores e 193 mil são técnicos.

A graduação em Ciências Contábeis tem uma grande procura, principalmente, pelo fato de permitir que o profissional atue em vários segmentos. “Hoje, o mercado nessa área apresenta uma grande oferta. É uma profissão que permite múltiplas possibilidades. Podemos trabalhar como contador de uma esfera pública, como auditor ou como um contador profissional liberal”, explica Benedito Teófilo, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Seune, parceira do Educa Mais Brasil.

O especialista explica a diferença entre contador e contabilista. “No dia 25 de abril, se comemora o dia do profissional de contabilidade porque houve uma junção dos termos. Desde o ano passado, não existe mais o técnico de contabilidade. Quem tem esse título antigo, não perde. Mas não se forma mais técnicos nessa área”, conclui Teófilo. Além de visão de negócio, o profissional contábil deve ter capacidade de comunicação, habilidade para trabalhar em equipe e possuir qualificação técnica para colaborar com a administração na tomada de decisões sempre pautado em princípios éticos.

Trabalhar na área de Ciências Contábeis nunca foi o sonho de Elisama Queiroz, graduanda do 3º semestre da Fazag, instituição parceira do Educa Mais do Brasil. “Eu decidi entrar nesse curso para ajudar meu pai a administrar sua empresa. Não me arrependo de ter escolhido essa graduação. Estou gostando bastante de tudo que estou aprendendo no curso”, conta a estudante.

Você também deseja ser um profissional da contabilidade e não tem condição financeira de pagar uma mensalidade integral? Sabia que o Educa Mais Brasil oferece até 70% para essa graduação? Além de bolsas de estudo para faculdades, o programa também concede desconto para pós-graduação, cursos e educação básica. É muito simples! É só entrar no site do Educa Mais, escolher a modalidade e fazer sua inscrição. São mais de 18 mil instituições parceiras em todo o país. Não perca tempo, é gratuito.

Entenda a importância do contador e contabilista:

Antes mesmo da existência de um curso de graduação em Ciências Contábeis, já existiam dois cursos técnicos: o de Contabilidade e o de Contador, mas nenhum com validade de ensino superior. As atividades profissionais de um técnico equivaliam às de um Contador nos dias atuais.
A área de ciências contábeis oferece uma série de oportunidades de atuação no mercado de trabalho. “Uma grande vantagem dessa área é que qualquer empresa, seja a micro, as grandes empresas ou as organizações do terceiro setor, precisam de um contador”, informa Maria Barauna coordenadora do curso de ciências contábeis da Faculdade Unijorge.

Contador: É o profissional que possui diploma de graduação em Ciências Contábeis, ou seja, conhecido como “contador diplomado” ou bacharel em Ciências Contábeis. O curso superior habilita esse profissional a trabalhar em diversos âmbitos, como gestão de empresas, mercado de seguros, controladoria, perícia e auditoria. 34, 48% dos contadores são homens e 28,84% são mulheres

Contabilista: O termo é usado para se referir ao técnico em contabilidade. Ele também refere-se ao profissional que exerce a prática contábil de modo genérico, ou seja, tanto de nível superior quanto de nível técnico. 23,02% dos técnicos em contabilidade são homens e 13,64% são mulheres.

fonte: Educa Mais Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais