Clientes e funcionários não aprovam cobrança de estacionamento nos shoppings

0

Na última sexta-feira, o Portal Infonet recebeu a seguinte nota da assessoria de comunicação do Shopping Jardins sobre a possível cobrança pelo estacionamento do centro de compras:

“A administração do Shopping Jardins informa que, no momento, está organizando o estacionamento do centro de compras para controle do fluxo, com o objetivo de proporcionar maior bem-estar e ainda mais segurança aos clientes. Quanto à cobrança, esta é uma tendência, a exemplo do que ocorre em praticamente todos os shoppings do país, além de universidades, clínicas, aeroportos, centros empresariais e restaurantes, sem falar na chamada zona azul, área de estacionamento cobrado pelos órgãos públicos”.

Além do Jardins, existem rumores de que o Shopping Riomar também passe a cobrar pelo serviço. No entanto, a administração do centro de compras ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Equipes já preparam as mudanças no estacionamento
Atento aos rumores, o diretor da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Alexandre Porto, declarou que “a medida certamente vai gerar impacto negativo nas vendas dos lojistas dos Shoppings, uma vez que o povo sergipano não tem o hábito de contribuir com esse tipo de taxa”.

Por isso, o Portal Infonet visitou os shoppings da capital para colher a opinião de quem freqüenta e trabalha nesses estabelecimentos. Confira a enquete:

“Essa é uma medida arbitrária! Se é um centro de compras, presume-se que o valor do estacionamento já esteja embutido no que gastamos aqui dentro. Tenho certeza de que essa cobrança não vai vingar, uma vez que o público que freqüenta os shoppings vai diminuir bastante”.
Múcio Miranda, jornalista e produtor de moda.

Atendentes temem queda no movimento
“Com certeza vai ter muita reclamação. Tem gente que está aqui todo dia. Vem almoçar, passear mesmo. E acredito que essas pessoas não virão mais com tanta freqüência. É bem provável que haja uma diminuição no movimento aqui na locadora. Deveria ser feito um acordo entre a administração do shopping e os lojistas”.
Ana Carolina, atendente em uma locadora de filmes de um dos estabelecimentos.

“Eu raramente venho ao shopping. Se houver cobrança pelo estacionamento, deixarei de vir mesmo”.
Edson Vieira, professor.

“É um absurdo! Como eu trabalho no shopping, vou deixar meu carro no Parque da Sementeira e virei andando todos os dias. Não vou pagar a taxa de entrada de jeito nenhum!”.
Suzana Rodrigues, bancária.

Múcio Miranda diz que a ´cobrança é arbitrária
“Se for para garantir a segurança dos carros realmente é válido. Porque até hoje ninguém se responsabilizava pelos roubos e furtos de veículos dentro do estabelecimento. Mas eu acredito que os funcionários que aqui trabalham devem ficar isentos dessa cobrança”.
Michele Cerqueira, bancária.

“Só vou saber se é bom ou ruim quando divulgarem o valor da taxa”.
Luciana Correia, universitária.

“Não importa quanto será cobrado. Por menor que seja o valor, é um gasto desnecessário. Pior se for um valor fique maior se a pessoa permanecer mais tempo dentro do estabelecimento. Querem fazer aqui o que fizeram em outras cidades, mas espero que a população aracajuana não se acomode com essa nova realidade”.
Juliana Garretti, psicóloga.

E você, internauta, o que acha da possível cobrança pelo estacionamento nos shoppings de Aracaju? Clique em ‘Enviar Comentário’ e deixe sua opinião.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais