Comerciários voltam a cobrar regulamentação do comércio

0

Abertura do comércio aos domingos volta a discussão
Pressionada pela insistente cobrança das bases, a Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado (Fecomse) está retomando a mobilização em vista da tramitação do projeto de lei 111/ 2007, que regulamenta as atividades do comércio aos domingos. 

 

Segundo o presidente da Fecomse, Ronildo Almeida, a terceira votação deveria ter ocorrido em dezembro do ano passado no plenário da Câmara Municipal de Aracaju.  “Os patrões conseguiram fazer com que os vereadores adiassem por 30 dias e como nesse período ocorreu o encerramento de uma legislatura e início da outra, inclusive com a renovação de alguns parlamentares, pode ser que o projeto tenha sido esquecido”, acredita.

 

O sindicalista disse ainda que essa possibilidade tem provocado uma inquietação entre os trabalhadores, principalmente pelo fato de que já são decorridos quase 150 dias sem que se tenha uma notícia qualquer da matéria. Ele lembrou que a proposta de regulamentação do funcionamento do comércio aos domingos, em termos de tramitação, já cumpriu todas as etapas, a começar pelo debate entre as partes (trabalho e capital) realizado na Câmara.

 

Ronildo Almeida: ” Regulamentação não provocará demissão”
Pesquisas

 

Ronildo Almeida lembrou as várias pesquisas de opinião, encomendadas pela própria Câmara Municipal, pelas entidades patronais e pelos Sindicatos dos Trabalhadores, “registrando índices de aprovação do projeto nunca menores de 70% dos entrevistados, da Praia 13 de Julho e Jardins, a periferia da capital”.

 

“A regulamentação não provocará uma só demissão, desde quando, o funcionamento das lojas aos domingos, também não gerou nenhum novo posto de trabalho, ou seja, você não pode tirar nada de onde nada foi colocado”, entende.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais