Comércio tem movimento fraco

0
Estrutura para chamar a criançada (Fotos: Portal Infonet)

Entidades representativas do setor do comércio montaram uma grande estrutura para recepcionar a garotada e incentivar lojistas a abrir o comércio para chamar a atenção dos pais para comprar presentes e realizar o desejo da garotada. Mesmo assim, os atrativos não foram suficientes para conquistar lojistas, cuja maioria preferiu não abrir os respectivos estabelecimentos comerciais.

O Portal Infonet constatou que apenas funcionam, neste domingo, 9, as lojas de departamento e algumas outras do ramo de vestiário, no centro de Aracaju. Mesmo assim, o movimento não é grande, como esperavam os comerciantes. “A gente esperava que fosse melhor, mas valeu a pena abrir a loja”, considera a gerente Marcela de Oliveira. “Está um movimento razoável”, resume a merchandising Susane Maria de Jesus.

Os poucos clientes passam, olham as mercadorias e dividem a preferência entre as lojas convencionais e os camelôs que se instalam no calçadão da rua João Pessoa. “Já fui nas lojas, já olhei e trouxe a filha para escolher o presente. Mas

Elaine Cristina: preferência pelos camelôs

ainda não comprei”, ressalta a auxiliar de segurança Elaine Cristina Barreto da Cunha. “Aqui estou interessada neste relógio, mas é para mim”, complementa, admirando os objetos expostos pelos camelôs.

Os camelôs não se identificam, mas se manifestam fazendo avaliação do movimento daquele espaço, que imita a popular 25 de Março, em São Paulo. “Hoje ninguém quis aparecer por aqui”, diz um camelô anônimo. “Todo mundo preferiu ir à Praia, por isso o movimento está tão pequeno”, justifica o outro.

Nas lojas de departamento, a movimentação é maior, mas também não corresponde as expectativas. Para os gerentes destas lojas, o próprio lojista é responsável pela baixa demanda. “A Fecomercio fez um trabalho de conscientização, montou uma boa estrutura, mas os lojistas resistem em abrir o comércio aos domingos”, considera a gerente geral de uma das lojas de departamento, Ilza Horácio Prado.

Lojas de departamento apresentam maior movimento

Na Praça General Valadão, a Federação do Comércio se aliou a outras entidades vinculadas ao segmento comercial para montar uma estrutura com parque de diversão e atividades de entretenimento realizadas por animadores, chamando a atenção da garotada.

Até o encerramento do expediente, previsto para as 14h, haverá recreação e atividades infantis no espaço.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais