Confira o plano dos empresários sugerido para reabertura do comércio

0
Comércio em Sergipe está fechado desde o dia 20 de março (Foto: Sergio Silva)

Entidades representativas da classe empresarial elaboraram um plano de desenvolvimento para a reabertura das atividades econômicas em Sergipe.

Circulou pelas redes sociais de que esse projeto teria sido elaborado pelo Governo do Estado, no entanto, o governador prorrogou até o dia 8 de junho as ações restritivas e de distanciamento social e anunciou uma reunião para a próxima quinta-feira, 4, onde será discutida a possibilidade de flexibilização e de retomada da economia sergipana.

O documento assinado por 21 entidades empresariais possui sugestões para a abertura das atividades de modo que contemplem a recuperação da economia, com a garantia da preservação da saúde das pessoas. O plano foi entregue ao governador do estado, Belivaldo Chagas, que encaminhou para a equipe técnica do governo analisar.

De acordo com a Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio) o planejamento cria dispositivos para atender as normas técnicas estabelecidas pela Secretaria de Estado da Saúde, com foco em evitar a transmissão do coronavírus.

Confira abaixo o resumo do planejamento

Fase 1: Atividades comerciais do Centro Comercial, Comércio de bairros e demais serviços não abrangidos no decreto;

Fase 2: Atendimento presencial em restaurantes, lanchonetes, food parks e salão de beleza; intervalo de 7 dias após a primeira fase;

Fase 3: Atendimento presencial em bares, Shopping Centers, Parques em Geral, Academias; intervalo de 07 dias após a segunda fase;

Fase 4: Cinema, Teatros, Casas de Eventos, Shows, Espetáculos, Indústria do entretenimento, Escolas e Universidades; intervalo de 14 dias após a terceira fase.

por Aisla Vasconcelos
com informações da Fecomércio

 

Comentários