Consulta à restituição do IR volta a exigir apenas CPF

0

Por causa do congestionamento no sistema que dá acesso ao programa da Internet, a Receita Federal voltou a exigir apenas o número do CPF para o contribuinte verificar se está contemplado no primeiro lote de restituição do imposto de renda. A Receita havia introduzido uma mudança exigindo o número do recibo da declaração para que o contribuinte pudesse obter, além da consulta ao lote, extrato das declarações anteriores. Este mecanismo causou um grande congestionamento no sistema, o que fez com que a Receita suspendesse as consultas. Desde as 20h de ontem, dia 9, o aplicativo de consulta ao primeiro lote voltou a ficar disponível. Segundo a assessoria de imprensa da Receita Federal, nos próximos dias será disponibilizado outro aplicativo com informações sobre declarações de anos anteriores. A consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda 2004, ano base 2003, foi liberada na última terça-feira, dia 8. Neste lote foram processadas 13.186.173 declarações, das quais 1.287.250 com imposto a restituir, totalizando R$ 1,4 bilhão; 1.780.616 com imposto a pagar, no valor de 2,6 bilhões; e 10.108.307 sem saldo de imposto. A Receita priorizou, neste primeiro lote, os maiores de 65 anos. O dinheiro das restituições será liberado a partir do dia 15. Fonte: Radiobrás

Comentários