Consumo de energia aumentou 10,5% em SE no 4º trimestre de 2023

Levantamento foi feito com base nos dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Análise realizada pelo Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), com base nos dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) que tem por finalidade prestar serviços ao Ministério de Minas e Energia (MME), constatou que o consumo de energia elétrica no estado totalizou 1,0 milhão MWh (Megawatt-hora), no quarto trimestre de 2023.

Em termos relativos, o consumo total de energia elétrica foi 10,5% maior do que o total consumido no terceiro trimestre de 2023. Já na comparação com o quarto trimestre de 2022, observou-se aumento de 6,1%.

Mercado cativo e livre de energia no 4º trimestre/2023

Da quantidade total de energia consumida no quarto trimestre do ano, 65,6% (ou cerca de 691,4 mil MWh) foi proveniente do mercado cativo. Nesse mercado, a energia é fornecida exclusivamente pelas distribuidoras instaladas em Sergipe, com o preço e as demais condições de fornecimento reguladas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Por sua vez, o volume restante, 34,4% (362,0 mil MWh), foi originado do mercado livre, onde os consumidores negociam a compra do insumo diretamente dos geradores ou das distribuidoras.

Consumo por setor no 4º trimestre/2023

O consumo nas residências totalizou cerca de 380,7 mil MWh, assinalando um crescimento de 12,3% em relação ao mesmo período de 2022. Na indústria, o consumo somou aproximadamente 302,7 mil MWh, assinalando um acréscimo de 1,1%, no mesmo comparativo.

Para o comércio, o consumo ficou em 164,5 mil MWh, aumento de 3,9%. Os outros setores registraram consumo de 205,5 mil MWh, assinalando um acréscimo de 4,9%. Ambas as variações são em relação ao quarto trimestre de 2022.

 

Fonte: FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais