Corte no orçamento dificulta celeridade em processos

0
Justiça do trabalho convocou entidades para expor a situação (Foto: Portal Infonet)

O corte no orçamento da Justiça do Trabalho e o número reduzido de servidores tem como consequência o atraso nas audiências e no julgamento dos processos. A situação foi discutida na manhã desta segunda-feira, 29, durante audiência pública, que debateu ações que resultem no fortalecimento e na atuação das Varas Trabalhistas de Sergipe.

De acordo com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região, Desembargador Fabio Túlio Correia Ribeiro, está cada vez mais difícil dar celeridade aos processos trabalhistas com o corte de gastos determinado pela Lei Orçamentária Anual (LOA) para o ano de 2016. Os tribunais regionais do trabalho foram orientados a economizar para manter os atendimentos. Em Sergipe, como medida econômica,  a jornada de trabalho foi reduzida e o quadro de servidores também.

“A justiça brasileira, infelizmente, não consegue desempenhar o papel pelo qual a constituição foi designada. Faltam recursos materias e humanos e a gente tem que dar repostas as demandas, que crescem cada vez mais rápidos. A justiça se vê cada vez mais assoberbados de trabalho. Por isso, convocamos os interessados para dialogarmos e expor os problemas para colhermos soluções. Vamos colocar nossas dificuldades e juntos darmos um encaminhamento ao problema”, explicou o Presidente TRT Sergipe.

Em contrapartida, as demissões cresceram ainda mais este ano, por conta da crise econômica. A situação levou ao crescimento dos processos trabalhistas. “Temos a elevação do número e reclamações trabalhistas, um quadro de pessoal deficitário. E esse ano foi duro para a justiça do trabalho que sofreu corte orçamentário e isso atinge diretamente a sociedade. Essas questões estão sendo discutidas para que a sociedade diga qual importância do órgão para ela. Depois que reunimos as sugestões vamos elaborar um documento com as ações que podem ajudar na questão”, disse o desembargador Thenisson Dória, coordenador do evento.

Por Eliene Andrade

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais