Coworking: veja como essa forma de trabalho ajuda a diminuir custos

0
A modalidade de trabalho tem crescido em Aracaju (Foto: pixabay)

Ganhando cada vez mais adeptos em Aracaju, o espaço de trabalho compartilhado, conhecido como coworking, tornou-se ainda mais popular depois da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo Eduardo Ribeiro, que atua no ramo há dois anos na capital, muitos imóveis comerciais foram fechados em virtude da pandemia, com isso, o compartilhando do local de trabalho passou a ser uma alternativa bastante atrativa para driblar a crise e diminuir custos operacionais.

Eduardo Ribeiro explica detalhes do coworking (Foto: arquivo pessoal)

“Com o coworking, há uma série de vantagens. Uma das principais e a redução de despesas com água, luz, internet e recepcionista, por exemplo”, salienta. Nesta modalidade de trabalho Eduardo explica que existe um ganho profissional muito grande, principalmente no tocante às trocas de experiência. “Assim que começamos muitas pessoas tinham receio de dividir o espaço com outras pessoas. Achavam que poderia ser atrapalhadas. Mas viram na prática que há uma sinergia, além de uma grande tranquilidade para trabalhar”, conta Eduardo.

Ainda segundo o empresário, o espaço compartilhado que ele administra conta com negócios das mais diversas áreas de atuação. “Nós temos serviços de arquitetura, marketing, algumas startups, enfim, há um compartilhamento de diversos segmentos empresariais”, resume. Além da locação do ambiente para o trabalho, outra vantagem na modalidade coworking, no entendimento de Eduardo, é a flexibilidade para atuar da maneira que desejar, conforme a necessidade.

“Se a pessoa quiser, ela pode alugar um auditório para promover seus cursos, uma sala para uma rápida reunião, ou ainda fazer a locação de um espaço para o período de duração do curso ou projeto que ela está desenvolvendo”, assinala Ribeiro. Para o empresário, toda essa flexibilização ajuda o cliente a focar apenas no seu trabalho. “Ao fazer o pagamento, a pessoa não precisa se preocupar com limpeza, contas, administração do espaço, enfim, com nada. Assim que ela realizar a tarefa, pode tranquilamente ir embora deixando a burocracia de lado”, salienta.

por João Paulo Schneider 

Comentários