Crise ainda afeta o comércio exterior em Sergipe

0

O boletim Sergipe Econômico, uma parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (NIE/FIES) e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), em sua oitava edição, mostrou que o comércio exterior ainda é o ponto muito afetado pela crise econômica. De acordo com as estatísticas fornecidas na publicação, no mês de agosto houve uma queda de 65,5% nas exportações, se comparado ao mesmo período do ano passado.

As importações mostraram uma pequena melhora, com a aproximação do final de ano e o crescimento do volume de negócios, somaram US$ 16,1 mihões, um aumento de 41,4% com relação ao mês anterior, mas 9,3% menor na comparação com agosto de 2008. De acordo com a Infraero, o que predomina nas importações são peças de reposição para máquinas das indústrias do estado e produtos de valor elevado.

Fonte: Fies



Comentários