Declarar IR deixou de ser “bicho de sete cabeças”

0

Fazer a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) deixou de ser um “bicho de sete cabeças”. Qualquer pessoa pode, sozinha, fazer a sua prestação de contas com a Receita Federal.

O prazo para entrega do Imposto de Renda Pessoa Física 2006, ano-base 2005, será encerrado na próxima sexta-feira, 28. Mas caso o contribuinte tenha algum problema e não possa entregar a declaração no prazo, é possível enviá-la depois, desde que haja o pagamento de uma multa.

Os procedimentos continuam os mesmos daqueles necessários para quem declara dentro do prazo, mas a multa para os retardatários
varia de R$ 165,74 até 20% do imposto devido.

Confira o passo a passo para declarar o IR:

Separe os documentos
Para declarar o IR, a Receita Federal solicita uma série de informações. Elas vão desde documentos pessoais até comprovantes de recebimentos, pagamentos e aplicações financeiras.

Escolha a ferramenta para declarar
A declaração pode ser feita em formulário de papel ou pelo computador.

Escolha entre a simplificada e a completa
O contribuinte pode optar pela Declaração Completa ou pela Simplificada.

Preencha os formulários
Esta é a parte mais demorada e trabalhosa. Dependendo do tipo da declaração escolhida, há muitos campos e informações solicitadas.

Envie a declaração
Após preencher toda a declaração, é hora de gravar e enviar o documento para a Receita Federal. A declaração preenchida com a utilização do programa IRPF 2004 pode ser enviada via Internet ou entregue em disquete. Quem optar pelo formulário de papel deve enviá-lo nas agências e lojas franqueadas dos Correios.

Aguarde a restituição
A restituição do IRPF 2006 começa a sair, em lotes, a partir do próximo mês de junho. Quanto mais rápida a declaração for entregue, mais rápida a restituição será liberada. No primeiro lote, em junho, a prioridade é para os contribuintes maiores de 65 anos.

Mais informações em www.receita.fazenda.gov.br

Comentários