Déficit da Previdência fica maior

0

O impacto do aumento real do salário mínimo e a frustração na arrecadação de contribuições jogaram por terra a previsão do governo de encerrar 2009 com um déficit de R$ 40,2 bilhões nas contas da Previdência Social. O saldo negativo do ano deverá ultrapassar R$ 43 bilhões, segundo o Ministério da Previdência.

No mês passado, as despesas com pagamento de benefícios superaram as receitas com contribuições previdenciárias em R$ 3,1 bilhões. Com isso, o rombo acumulado no ano alcançou R$ 45,3 bilhões – em valores já corrigidos pela inflação. Esse valor deverá cair, no entanto, porque o ministério espera para este mês um superávit em suas contas.

Por Ivan Valença


Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais