Trabalhadores da Celse paralisam atividades na Termoelétrica

0
Demais trabalhadores da Celse apoiam grevistas e atividades paralisam (Foto: Arquivo Infonet)

Todos os trabalhadores das empresas que prestam serviço à Celse, administradora da termoelétrica, cruzaram os braços em solidariedade aos funcionários da Enesa, que estão em greve desde a semana passada. O apoio começou nesta segunda-feira, 20, e a expectativa é de que continue até que haja um desfecho positivo.

De acordo com o grupo, toda a atividade no complexo está paralisada. O intuito é cobrar que sejam garantidos os direitos dos trabalhadores e se cumpra o acordo coletivo estabelecido.

A classe informou que foi notificada para uma reunião com a empresa na Justiça do Trabalho e no Ministério Público do Trabalho (MPT) ainda esta semana.

Outro lado

A GE esclarece que, nesta segunda-feira, 20, houve paralisação das obras de construção da termelétrica liderada por manifestantes da subcontratada Enesa Engenharia. O bloqueio ao acesso principal da termoelétrica impediu a entrada dos empregados das demais subcontratadas que trabalham na obra e que não aderiram à paralisação. O encerramento dos contratos citados pelos manifestantes é previsto desde o início da contratação, por tratarem-se de posições para instalação do projeto e, portanto, só se viabilizam nesta fase. Deste modo, a desmobilização corresponde às atividades encerradas na fase de montagem e não há distinção em relação à origem dos empregados.

As negociações sobre benefícios e demais acordos são feitas diretamente com o SINDMONT, sindicato indicado pelo Ministério Público do Trabalho e Emprego de Sergipe para representar os trabalhadores de montagem, portanto o representante legal dos empregados.

Quanto aos benefícios pleiteados pelos manifestantes, foi negociada a concessão de plano de saúde para os funcionários, que terá vigência a partir de 1º de setembro de 2018, enquanto a Participação nos Lucros e Resultados encontra-se em fase final de negociação com o sindicato da categoria.

Por fim, informamos que hoje foi realizado o pagamento do adiantamento salarial aos empregados da Enesa Engenharia, apesar da paralisação ter sido iniciada em 10 de agosto.

Assessoria de imprensa da GE em Sergipe

Por Victor Siqueira

 

Comentários