Deotap investiga desvio na Parreira Horta

0
Danielle Garcia está analisando os documentos apreendidos (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A polícia civil cumpriu nesta quinta-feira, 6, mandado de busca e apreensão na residência de uma contadora, que presta serviços para a Fundação Parreira Horta. A contadora será convocada para prestar depoimento no Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap), sob suspeita de envolvimento em desvio de recursos públicos, de acordo com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Segundo a assessoria, a polícia recebeu denúncia de um suposto esquema articulado na Fundação Parreira Horta destinado ao desvio de recursos públicos que seriam destinados a pagamento de terceirizados que prestavam serviços àquela entidade.

Os documentos apreendidos pela polícia estão sendo analisados pela delegada Danielle Garcia, do Deotap. Segundo a assessoria, a polícia também analisa a possibilidade de solicitar à justiça a prisão temporária de pessoas suspeitas, mas tudo depende da conclusão da análise destes documentos.

Detalhes desta operação serão fornecidos pelo delegado geral Alessandro Vieira, em entrevista coletiva a ser concedida ainda nesta quinta-feira.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais