Diante da crise, 3º Setor precisa de criatividade

0

Emersom Dátilo
“As organizações não-governamentais (ONG’s) precisam ser criativas na busca pelo financiamento de ações e custeio de projetos”. A declaração é do presidente da Synergia Consultoria e Assessoria para o Terceiro Setor, Emersom Dátilo, que participou de um encontro direcionado ao setor nesta quarta-feira, 20, em Aracaju. De acordo com ele, em meio à atual crise econômica mundial, essas instituições devem entender que não são todas as empresas que estão enfrentando problemas. “O terceiro setor deve se valer de boas estratégias, para garantir seu funcionamento”, ressalta ele.

Para o presidente da Synergia, a desculpa da crise deve ser analisada. “No Brasil, muitas empresas continuam crescendo e alcançando lucro, mesmo durante a crise. Isso demonstra que elas não estão no prejuízo”, argumenta Emersom, ao citar que a mineradora Vale apresentou lucro líquido de R$ 3,1 bilhões no 1º trimestre do ano. “O que está acontecendo é que algumas empresas tiveram redução no lucro, mas isso não representa prejuízo”, salienta ele.

Amadorismo

Diante disso, Emersom orienta as organizações do terceiro setor para que não desistam de buscar financiamento por causa do discurso da crise. “É preciso ter estratégia e criatividade”, reforça ele. Entretanto, as ONG’s esbarram em outra questão: o amadorismo. “Ainda existem instituições do

Ula Ribeiro, presidente do Gacc
terceiro setor que carecem de profissionalismo e este é o principal problema na hora de ir atrás dos mantenedores dos projetos”, explica o presidente da Synergia.

Gacc

A presidente do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc), Ula Ribeiro, concorda com o discurso de Dátilo e reforça que “a credibilidade e a transparência das iniciativas são muito importantes para que a ONG resista em tempos de crise”.

De acordo com ela, a crise não afetou o dia a dia do Gacc. “O nosso diferencial é não depender de recursos públicos”, sugere Ula. De mesmo modo, ela destaca outro ponto positivo: “os nossos mantenedores continuam fiéis”, informa a presidente, em referência às pessoas que contribuem com o grupo, através do telemarketing.

Por Valter Lima

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais