Dirigentes do Sebrae são eleitos com protesto da Acese

0

Em duas sessões extraordinárias ocorridas na manhã de hoje, 16, o Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE Sergipe elegeu seus novos dirigentes para o biênio 2005/2007. Para a presidência do Conselho, foi eleito José Tomaz de Vasconcelos, representante da Fecomércio, e para a diretoria executiva foram reeleitos os atuais diretores (Zezinho Guimarães, Paulo do Eirado e Emanoel Sobral).

Além das abstenções dos representantes da CEF e do Banco do Brasil, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), Jorge Santana, que naquele conselho representa a Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Sergipe, apresentou declaração de voto onde consta que “em todo o Brasil os conselhos deliberativos estaduais, como este, têm composição heterogênea, com forte presença de entidades empresariais. Daí serem normalmente
presididos por representantes daquelas entidades, observando um tácito e salutar acordo de rodízio entre si”.

A declaração prossegue afirmando que “Sergipe tem sido uma exceção porquanto as entidades empresariais voltam a negar à Federação das Associações Comerciais a oportunidade de presidir esse colegiado. Como as razões para esse veto são sobejamente conhecidas de todos, optamos por não decliná-las neste momento. Eis porque consignamos nosso protesto e registramos nossa abstenção nesse pleito, concedendo aos eleitos o benefício da dúvida”.

Procurado pelo repórter, uma tradicional liderança do setor, atualmente afastada das entidaes, afirmou que “a conclusão a que se chega analisando essa eleição é de que a ACESE reafirma sua postura de independência e apartidarismo, distinguindo-se das demais entidades de representação empresarial que insistem em confundir política de classe com política partidária”.

Por Ivan Valença

Comentários