Edital para Canal do Xingó será lançado nessa sexta, 12

0
Reunião de apresentação que ocorreu em Brasília (Foto: José Luiz Oliveira /Codevasf)

O edital de licitação de elaboração do projeto básico da primeira fase do Canal do Xingó deverá ser publicado na sexta-feira,12. O anúncio foi feito pela presidente da Companhia da Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, durante audiência pública realizada pela Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra), na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Durante a reunião, a presidente da empresa também apresentou aos parlamentares as ações desenvolvidas pela Companhia relacionadas à área de competência da comissão.

“Estamos antecipando a publicação do edital. Com isso poderemos também adiantar as próximas etapas do projeto. Ressaltamos que obras de infraestrutura hídrica como essa são necessárias para o Nordeste que vem enfrentando sete anos consecutivos de estiagem”, afirmou Kênia Marcelino ao ser indagada sobre o cronograma relacionado ao projeto Canal do Xingó.

O projeto básico da primeira fase do Canal do Xingó irá nortear a obra que vai ofertar água para a população do semiárido nos estados de Sergipe e Bahia. Os recursos da obra para o ano de 2017 foram viabilizados por meio da inclusão, na Secretaria de Orçamento Federal (SOF), de movimentação orçamentária em favor da Codevasf, iniciativa da coordenação da bancada federal de Sergipe que teve o apoio do Ministério da
Integração Nacional.

A primeira fase do Canal do Xingó inclui os primeiros 114,55 quilômetros do empreendimento, que vai desde a captação de água no reservatório de Paulo Afonso IV (BA), passando por Santa Brígida (BA) e Canindé de São Francisco (SE), até o antigo reservatório R-5 em Poço Redondo (SE).

Outras ações

Em sua explanação sobre a atuação da Codevasf, Kênia Marcelino apresentou aos integrantes da Cindra a missão da Companhia, destacando o seu raio de atuação nas áreas de agricultura irrigada, infraestrutura hídrica, revitalização das bacias hidrográficas do São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim, além das ações de inclusão produtiva, apoio aos Arranjos Produtivos Locais e a universalização do acesso à água.

Fonte: Ascom Codevasf

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais