Eletricitários da Chesf cruzam os braços em Sergipe

0
Sindicato diz que trabalhadores negociam o acordo coletivo (Foto: facebook Sinergia)

Nesta segunda-feira, 4, 100 trabalhadores eletricitários da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), empresa subsidiária da Eletrobrás e tem como atividade principal a geração, a transmissão e a comercialização de energia elétrica, paralisaram as atividades.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia), Gilton dos Santos, a luta é nacional e teve adesão dos trabalhadores em Sergipe. “A data base para maio desse ano que é o reajuste e o pagamento da PLR, mas a Chesf não negocia com os trabalhadores. Ano passado, a PLR foi paga em junho e esse ano já estamos em julho e não há previsão de pagamento, por isso, paralisamos as atividades até o dia 6 [quarta-feira] e vamos continuar mobilizamos podendo até deflagrar uma greve”, fala o sindicalista que lamenta a falta de negociação com a companhia.

“A Chesf simplesmente fala em crise, mas a verdade é que essa crise sempre existiu. Não podemos aceitar a falta do pagamento e de garantias trabalhistas. Estamos paralisados e podemos avançar para uma greve, caso a Chesf não negocie com os trabalhadores. Para isso faremos uma assembleia. Mesmo em greve decidimos que os operadores vão manter o serviço para não prejudicar o fornecimento de energia”, diz.

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a Chesf, encaminhamos e-mail, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta. O Portal permanece à disposição por meio do (079) 21068000 ou jornalismo@infonet.com.br.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais