Eletricitários param atividades por 3 horas

0
Mobilização na porta da empresa (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

Os eletricitários realizaram manifestação no início do expediente nesta terça-feira, 24, e paralisaram parcialmente os serviços por um período de três horas, segundo informações do presidente do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia), Sérgio Alves. Conforme dados do presidente do sindicato, neste período foram interrompidos os serviços de corte do fornecimento de energia elétrica, a leitura para compor a fatura e redução da equipe de plantão.

Conforme o presidente do sindicato, o plantão funcionou apenas, neste período de paralisação, para atender à clientela que atua com casos de urgência e emergência, a exemplo de hospitais, escolas e delegacias de polícia. Segundo o sindicato, a suspensão do atendimento neste período também atingiu a atividade realizada no interior do estado.

A manifestação reflete a campanha salarial. De acordo com o presidente do sindicato, a empresa propõe reajuste de 6,2%. Pelos cálculos do sindicato, conforme o sindicalista, este percentual representa 60% da inflação acumulada, avaliada em 10,33%.

Sérgio Alves: negligência

O presidente do sindicato reclama da atenção que os dirigentes da empresa dão aos funcionários. Ele assegura que a empresa negligencia, sem fornecer benefícios a servidores afastados por questões relacionadas a acidente de trabalho ou doença. “A empresa não tem sido humana com seus trabalhadores. Quando há afastamento, há perseguição e os trabalhadores encontram dificuldades para conseguir os documentos obrigatórios para encaminhar para o INSS”, diz.

A assessoria de comunicação negou as perseguições, revelou que a empresa dá o apoio necessário a todos os trabalhadores, independentemente da natureza do problema, além de garantir toda a atenção durante o processo de recuperação do trabalhador doente ou acidentado.

A expectativa da empresa, segundo a assessoria, é pelo entendimento nas negociações relacionadas ao acordo coletivo. Na próxima quinta-feira, 26, haverá nova rodada de negociação.

Categoria para por três horas

A assessoria prevê entendimentos que vão contemplar ambas as partes neste próximo debate entre representantes da empresa e dos servidores.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais