Em ato no centro de Aracaju, bancários cobram valorização salarial

Em ato no centro de Aracaju, bancários cobram valorização salarial (Foto: SEEB/SE)

Bancários que integram o Sindicato da categoria em Sergipe (SEEB/SE) se reuniram na manhã desta terça-feira, 28, no calçadão da João Pessoa, centro de Aracaju, para cobrar alguns direitos trabalhistas, a exemplo do reajuste no salário. O ato, intitulado de “bora ganhar esse jogo”, marca o início da campanha da categoria pela valorização profissional.

Segundo o presidente interino do SEEB/SE, Everton Castro, os bancários entram na briga para conquistar  um reajuste com a reposição da inflação mais um aumento real de 5% nos salários e demais verbas econômicas.

“Queremos também garantia de emprego, melhores condições de trabalho e manutenção dos direitos contidos na atual Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Além disso, reivindicamos aumento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), combate ao assédio moral e fim das metas abusivas”, afirma o líder sindical.

Ainda de acordo com Castro, a categoria defende também menores juros para a população. “Todos nós sabemos que o Brasil é um dos países que possui uma das maiores taxas de juros do mundo”, pontua o presidente interino do SEEB.

O Sindicato destaca ainda que só no primeiro trimestre do 2022 o lucro líquido dos cinco maiores bancos do país foi de R$ 28 bilhões.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais