Em junho, volume de vendas no varejo sergipano cresceram 0,9%

0

Comércio de Aracaju (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico (FIES/UFS), com base nos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, revelou que no último mês de junho, o comércio varejista do país apresentou crescimento de 0,2% no volume de vendas, enquanto que a receita nominal exprimiu variação de 0,6%, em relação ao mês anterior (na série com ajuste sazonal). Sobre junho do ano passado, as vendas e as receitas do comércio varejista brasileiro, evoluíram 7,1% e 12,1%.

Em Sergipe, as vendas do comércio varejista registraram variação de 0,9% em junho último (na comparação com Junho/2010), ao passo que as receitas nominais demonstraram acréscimo de 5,1%, na mesma comparação. Na passagem de maio para junho deste ano, o volume de vendas no comércio sergipano, demonstrou variação positiva de 0,8% enquanto que as receitas nominais, apresentaram expansão de 1,5%, (na série com ajuste sazonal).

De janeiro a junho deste exercício, as vendas e as receitas do comércio do estado, acumulam alta de 1,9% e 5,5% em relação ao primeiro semestre de 2010. E nos últimos doze meses variações de 6,7% e 10,3%, respectivamente.

Comportamento dos estados nordestinos

Em relação a junho de 2010, os maiores crescimentos das vendas do comércio da região, foram verificados nos estados da Paraíba (+14,2%), Bahia (+10,4%) e Pernambuco (+10,0%). No que tange as vendas nominais, os destaques foram os estados da Paraíba (+18,4%), Piauí (+15,05%) e Ceará (+14,5%). Nesses comparativos, Sergipe ficou na última colocação, apesar dos crescimentos registrados.

Em contrapartida, no mês de junho deste ano, o estado ficou entre os cinco do nordeste que apresentaram as maiores taxas de crescimento, tanto nas vendas quanto nas receitas do comercio varejista.

Fonte: Asscom/Fies

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais