Emdagro avalia aquicultura em Sergipe

0

Unidades de cultivo no rio São Francisco gera renda para as famílias locais (Fotos: Ascom/Emdagro)
A aquicultura mundial tem evoluído muito nos últimos anos, e as taxas de crescimento anual de toda a cadeia produtiva que abrange a atividade, tem se desenvolvido a passos largos. No Brasil, essa atividade já está presente em todo o território nacional e sua produção atingiu a marca de 300.000 toneladas ao valor de R$ 1 bilhão em 2003.

Em Sergipe, o Governo do Estado, através da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e a Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), em parceria com o Governo Federal, vem realizando um diagnóstico preciso sobre tais práticas, identificando assim que seu potencial vem obtendo um crescimento considerável.

De posse das informações, foi possível a Emdagro desenvolver ainda mais as unidades de observação de outras modalidades de cultivo, a exemplo da tilapia em tanques rede, especialmente desenvolvida nos municípios de Canindé do São Francisco e Cumbe, locais onde a tecnologia foi repassada, assistida tecnicamente e que, ainda hoje, apresenta-se como uma ótima fonte de renda gerando desenvolvimento das famílias destas localidades.

700 mil alevinos já foram distribuídos em Itabi e Cumbe
A Emdagro já realizou 7 capacitações para qualificação técnica na atividades, beneficiando mais de 30 profissionais de seu próprio quadro, bem como técnicos de conselhos municipais e das secretarias de agricultura de diversos municípios.
Além da capacitação básica, há, em parceria com a Codevasf, DNOCS e o Instituto Xingó, a doação de mais de 700 mil alevinos na sua maioria tambaquis, tilapias e curimatãs, com seu peixamento (soltura dos peixes) em tanques nos municípios de Itabi e Cumbe. 

Com informações da Ascom/Emdagro

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais