Empresários do setor têxtil recuam

0

Vista área da Sisa/Foto: Divulgação
Trabalhadores das Indústrias Têxteis, Nortista e Sisa comemoram decisão de que salários e jornada de trabalho não serão mais reduzidos. A decisão foi tomada em reunião realizada na manhã da última quinta-feira, 26, entre representantes das empresas e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Segundo o diretor-presidente da Sisa e Nortistas, Osvaldo Aragão, mesmo os funcionários tendo manifestado, com a realização do plebiscito, ser favoráveis à redução da jornada e salários, a diretoria optou por outras alternativas visando driblar a crise. 

“Apesar de os funcionários concordarem com a gente, estamos dando férias vencidas e parando algumas máquinas nas duas empresas. Continuamos com a fé de que a situação irá melhorar. Com isso, resolvemos preservar os salários dos funcionários”, ressalta.

Osvaldo Aragão disse ainda que os empresários do setor têxtil trabalham com a expectativa de recuperação. “Se Deus quiser as coisas vão melhorar a partir deste segundo semestre”, enfatiza.

Sinditêxtil

O presidente do Sindicato dos Servidores da Indústria Têxtil (Sinditêxtil), Giseldo Santos disse esperar não haver demissões. “Esperamos que os empresários não optem por demitir os trabalhadores alegando a crise”, destaca Giseldo.

“Volto a afirmar que não vamos passar tanto tempo treinando os funcionários para depois demiti-los”, garante o diretor-presidente das Nortista e da Sisa, Osvaldo Aragão.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais