Encontro discute potencial turístico de São Cristóvão

0

Secretária de Estado da Cultura, Eloisa Galdino (Fotos: Alejandro Zambrana/Sedetec)
Buscando estimular o potencial turístico do sítio histórico da Praça São Francisco, em São Cristóvão, o Governo de Sergipe, por meio das Secretarias de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo (Sedetec) e da Cultura (Secult), promoveu nesta sexta-feira, 24, uma reunião com diversas entidades para apresentar um diagnóstico com os principais problemas e alternativas para gestão do destino, além de discutir a implantação do Plano de Desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local de Cultura de São Cristóvão. O encontro foi realizado no Museu Histórico de Sergipe.

O reconhecimento recente da Praça São Francisco como Patrimônio da Humanidade obrigou o município a reformular a sua capacidade de gestão em relação ao turismo e a cultura. Assim, o diagnóstico teve como objetivo identificar os principais gargalos na operacionalização do produto turístico e no diálogo dos diversos atrativos, serviços e equipamentos existentes considerando a proximidade do período de alta estação do compreendido entre novembro de 2010 e  fevereiro de 2011.

Secretário Jorge Santana

“A concessão do título levou o Governo a mobilizar e organizar a agenda relacionada ao turismo em São Cristóvão. Esse é mais um encontro que promovemos para envolver outras instituições e ampliar as discussões buscando garantir um novo ciclo de progresso para a região”, destacou o secretário do Desenvolvimento, Jorge Santana.

Entre as demandas de curto prazo identificadas pela equipe técnica do Estado estão o conflito de exploração turística entre guias e condutores locais, a inexistência de produção de souvenir, a falta de espaço para o escoamento da produção artesanal e a falta de meios de hospedagem, bares e restaurantes. Outra necessidade apresentada é a incipiente divulgação do destino turístico.

Para solucionar os problemas, o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto Federal de Sergipe (IFS) irão realizar cursos para os informantes e guias turísticos já no mês de outubro. Cursos de produção artesanal serão oferecidos para mulheres e jovens de 8 a 15 anos durante o mês de novembro.

Evento ocorreu no Museu Histórico de São Cristóvão
Além disso, ainda este ano será elaborado e implementado o projeto de hospedagem domiciliar e estimulada a divulgação do Destino São Francisco.Outras ações de médio e longo prazo serão discutidas durante uma nova reunião marcada para 14 de outubro.

Plano de Desenvolvimento

Ainda durante o encontro, os representantes das entidades conheceram o Plano de Desenvolvimento do APL de Cultura. A proposta foi construída a partir de várias reuniões com a população, instituições ligadas ao tema e órgãos governamentais e contém, entre outros assuntos, uma lista de projetos e investimentos que serão realizados em São Cristóvão, uma das áreas que compõem o Arranjo Produtivo.

Entre os projetos previstos estão a elaboração de um calendário para a promoção de eventos, capacitação e qualificação de mão de obra, investimentos em infraestrutura turística e valorização da cultura e expressão populares. Antes de colocar em prática as medidas, o Governo pretende acrescentar novas idéias apresentadas pelos envolvidos com a atividade e envolver novos parceiros no projeto.

“Isso revela que estamos trabalhando para mostrar aos turistas e sergipanos o potencial dessa importante região histórica. Com esse plano, detectamos aquilo que precisa ser feito para estimular o turismo e consolidar a produção cultural. È mais uma ação inovadora que servirá de laboratório para futuramente aplicarmos em outras regiões”, explicou a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino.

Fonte: Sedetec

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais