Estado e BNDES assinam financiamento para o Sergipe Cidades

0

Governador Marcelo Déda e a secretária Lúcia Falcon
O governador Marcelo Déda e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, assinam ao meio-dia desta quarta-feira, 11, na sede do banco no Rio de Janeiro, a liberação de R$ 250 milhões do BNDES para que o Estado dê continuidade às ações do programa de desenvolvimento territorial Sergipe Cidades.

Com o financiamento, o Governo vai levar adiante o plano de descentralização e interiorização do desenvolvimento de Sergipe, cujo objetivo é potencializar o desenvolvimento dos oito territórios sergipanos e gerar inclusão pela renda e inclusão pelo direito a todos os habitantes do estado.

As ações que compõem o projeto foram desenvolvidas a partir das demandas identificadas durante assembléias populares e territoriais (Planejamento Participativo) realizadas em 2007. Os anseios e necessidades da população, apontados por representantes locais, foram compilados, analisados e transformados no Plano Plurianual (PPA), documento no qual o Sergipe Cidades se fundamenta.

De forma prática, serão construídos nos próximos dois anos equipamentos sociais como centros de cultura, ginásios esportivos, mercados territoriais, escolas profissionalizantes, delegacias e praças nos maiores povoados e sedes de 74 municípios sergipanos, à exceção de Aracaju.

“Vamos desenvolver os núcleos urbanos de acordo com as necessidades apontadas pela população, ouvindo as demandas do povo. Ainda faltam algumas, mas já temos 218 obras selecionadas em todo o estado”, explicou a secretária de Estado do Planejamento, Lúcia Falcón, que acompanhará o governador na agenda no BNDES.

No segundo semestre de 2008, o Sergipe Cidades foi apresentado aos dirigentes do banco. Diante das boas condições das finanças públicas de Sergipe, que usufrui de capacidade elevada de endividamento e pagamento, e do potencial desenvolvimentista da iniciativa, a instituição firmou parceira com o Governo do Estado para levar o projeto adiante.

Complexos empresariais integrados

Antes da assinatura do financiamento, a secretária do Planejamento, Lúcia Falcón, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, Jorge Santana, vão participar de uma reunião com a assessora da presidência do BNDES, Helena Lastres, e representantes da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (Fies/SE) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SE).

No encontro, Lúcia Falcón fará uma breve apresentação do programa Sergipe Cidades e o secretário Jorge Santana vai aprofundar junto ao BNDES as discussões sobre o modelo de desenvolvimento econômico adotado por Sergipe com a criação dos Complexos Empresariais Integrados.

Fonte: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais