Finados: Comerciantes esperam aumento de venda de flores

0

Os crisântemos, as mini margaridas e as flores do campo são as mais procuradas (Fotos: Portal Infonet)

Leidedaiane Feitosa de Sousa, 33, trabalha há cinco anos no local.

Mesmo com as vendas abaixo do esperado, dona Maria Janete não perde as esperanças.

Os comerciantes de flores estão na expectativa para o aumento nas vendas com a proximidade do Dia dos Finados. Segundo eles, a data celebrada no dia 2 de novembro é uma das mais propícias, se igualando a datas como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia Internacional da Mulher.

Os crisântemos, as mini margaridas e as flores do campo são as mais procuradas na Passarela das Flores do Mercado Central de Aracaju nesta época do ano. A vendedora Leidedaiane Feitosa de Sousa, 33, trabalha há cinco anos no local e explica que os valores variam entre R$10 e R$100, dependendo da espécie.

Segundo ela, apesar da pouca procura até o momento, a expectativa é que a procura se intensifique com a proximidade da data. “Até quinta-feira, tenho certeza que as vendas aumentarão e venderemos tudo”, acredita.

De vários tipos, cores, tamanhos e valores, as flores são as responsáveis pelo sustento de Maria Janete Gonçalves, 64, há mais de 18 anos. Segundo ela, as vendas este ano caíram em cerca de 40%, quando comparado ao ano anterior. “É como se fosse uma chuva fina que vai pingando bem lentamente, mas dá para tirar alguma coisa”, compara.

Mesmo com as vendas abaixo do esperado, dona Maria Janete não perde as esperanças, e acredita que até o Dia de Finados a freguesia irá aumentar. “As vezes as pessoas nos surpreendem e deixam tudo para o último dia, então a nossa esperança é que as pessoas lembrem-se dos seus e venham prestar homenagem a eles. Nós estaremos aqui esperando”, declara.

Por Yago de Andrade

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais