Fornecedores receberão tanques para resfriar leite

0

Tanques serão distribuídos em 12 municípios (Fotos: Edinah Mary/Seides)
Em parceria com Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o Governo do Estado investiu R$ 359 mil na compra de 27 tanques de resfriamento para o Programa de Aquisição de Alimentos na modalidade leite (PAA-Leite). Até a conclusão das obras de construção dos abrigos que armazenarão cada equipamento, os tanques estão guardados no galpão da Cooprase, cooperativa integrante do programa localizada na cidade de Nossa Senhora da Glória.

De acordo com o Tiê Prata, coordenador estadual do PAA-Leite, os tanques serão distribuídos nos 12 municípios onde atuam os 1,5 mil fornecedores de leite do programa. “O município que receberá a maior quantidade de tanques é Poço Redondo, com oito equipamentos, devido à quantidade de produtores na região”, explica. A previsão é de que até novembro todos os equipamentos estejam devidamente instalados nos abrigos.

Equipamentos servem para manter a qualidade do leite fornecido
Os tanques de resfriamento servem para manter a qualidade do leite. “O produto precisa ficar armazenado adequadamente para evitar que acidifique. Os tanques foram comprados também para ajudar os produtores a cumprir com mais facilidade a instrução normativa 51, que diz que o leite, após a ordenha, não pode ficar mais que duas horas em temperatura ambiente”, pontuou.

Com a iniciativa, a população será beneficiada com leite de qualidade cada vez melhor e mais garantida. “Vamos evitar riscos à saúde e os produtores, por sua vez, terão uma preocupação a menos com o armazenamento do leite até o caminhão de coleta levá-lo ao laticínio”, finalizou Tiê Prata.

Fonte: Ascom/Seides

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais