Funaserp ainda não será pago

0

Os servidores do Estado que aderiram ao Termo de Adesão para restituição de 50% do Funaserp terão que esperar um pouco mais para receber o dinheiro. A Procuradoria Geral do Estado entrou ontem com uma ação no Tribunal de Justiça do Estado requerendo a suspensão da liminar da juíza substituta da 19ª Vara Civil, Taiane Danusa Gusmão Barbosa.

Além de derrubar a liminar, a ação deseja que seja estendido o uso do Fundo da parte que cabe ao Estado para pagamento do pessoal.

Na decisão da juíza, fica determinado que o valor deverá ser depositado no prazo de 72 horas em conta judicial a ser aberta  por ordem deste juízo, sob pena de multa no valor de R$15 milhões a ser suportada solidariamente  por todos os demandados. O valor ficará à disposição  deste juízo até o julgamento definitivo da questão do Funaserp. 

Comentários